Quem sou eu

Minha foto

Estudante de Engenharia Mecânica, leitor inveterado e aspirante a escritor.

Popular Posts

Google+

Feed

Seguidores


Prince of Thorns é o primeiro livro de Mark Lawrence, o primeiro da Trilogia dos Espinhos, e a história de Honório Jorg Ancrath, príncipe herdeiro do reino que carrega seu sobrenome, um jovem que cumpre suas promessas. O livro foi trazido ao Brasil pela editora Darkside, a publicação brasileira mais bonita que tenho.

"Você só pode vencer o jogo quando entende que se trata de um jogo. Deixe um homem jogar xadrez e diga a ele que todos os peões são seus amigos. Diga que ambos os bispos são santos. Faça-o lembrar de dias felizes a sombra das torres. Deixe-o amar sua rainha. Veja-o perder tudo."

Ambientado em um cenário pós-apocalíptico fantástico, em Prince of Thorns a humanidade foi forçada a retroceder a Idade Média por uma catástrofe nuclear documentada como o Dia dos Mil Sóis. Tal calamidade sobrecarregou os portões da Morte que colapsaram e liberaram almas de muitos de volta ao mundo dos vivos. Sobrevivendo sobre os escombros do velho mundo e de seu conhecimento deixado nas páginas dos livros, a sabedoria dos grandes filósofos e intelectuais da história; além da magia dos necromantes e dos magos, usufruindo de algumas tecnologia enquanto continuam alheios ao seu funcionamento completo.
Acompanhamos Jorg, jovem de recém completos quatorze anos, que após revelar sua descendência real a sua Irmandade de rufiões, usa-os como peças em um ''jogo dos tronos'' em que se vê como jogador. O jogo d'A Guerra Centenária pelo poder sobre todo o império, e muito mais complicado e obscuro do que Jorg tinha consciência.
Jorg Ancrath é um garoto frio e calculista, sua personalidade forte emerge após o profundo trauma sofrido aos nove anos de idade. Ele assiste sua mãe e irmão mais novo serem assassinados a mando de Conde Renar, rival de seu pai, enquanto preso em arbustos de um espinheiro de Roseira-Brava. Deixado profundamente ferido física e mentalmente, Jorg é arrancado da infância para o mundo da corte e suas disputas.
Dentre os irmãos de Jorg destacam-se Sir Makin, um guerreiro resiliente chefe da guarda real incumbido de trazer o herdeiro de volta quando ele foge pra se juntar aos rufiões que chama de irmãos; e Nubano, o guerreiro negro feroz que é, junto de Sir Makin, um dos amigos mais próximos do príncipe.
A narração em primeira pessoa de Mark Lawrence nos dá uma visão bem ampla da personalidade de Jorg e seus fantasmas. Mantendo o garoto em foco absoluto, quasee nada é dito do passado de outros personagens. Ele é extremamente desapegado de sua Irmandade, com pequenas exceções, e sua narração egocêntrica pouco os desenvolve além de suas capacidades como soldados.
A jornada é empolgante do início ao fim e mantém o leitor pendurado a cada acontecimento, aguardando o próximo desenvolvimento ansiosamente. E, ao contrário do que se poderia pensar, a circunstância e a sorte tem papel importante nas vitorias de Jorg. Sempre se descrevendo como um jogador ele é, na verdade, impulsivo e arrisca tudo consecutivamente com suas estratégias suicidas.
A atitude do protagonista em conjunto com uma trama muito bem desenvolvida e a ambientação interessante fazer o livro valer a pena do começo ao fim.

Copyright © (un)Known Reader | Powered by Blogger
Design by Duan Zhiyan | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com