Popular Posts

Google+

Feed

Seguidores


O propósito principal de uma boa ficção cientifica é debater e levantar questões que preenchem a mente das pessoas e apresentando-as em diferentes perspectivas. A ficção cientifica é, em seu melhor, geradora de intenso debate e de grandes reflexões sobre a realidade e o pensamento.

Em A Mão Esquerda da Escuridão, publicada aqui pela editora Aleph, Ursula K. Le Guin coloca um humano em contato com o planeta de Gethen, ou Winter (Inverno), onde ele conhece outros tipos de humanos que são bem diferentes do que nós chamamos de humanos.

Genly Ai, o protagonista, é um enviado de Ekumen, uma aliança de planetas com vida inteligente (ou de humanos), com o propósito de oferece-los um lugar na mesma. Ekumen é principalmente um canal de troca de conhecimento e cultura - já que a viagem interplanetária é muito demorada, mas a comunicação entre os planetas é praticamente instantânea com os equipamentos certos - e tem como intuito ajudar no desenvolvimento das civilizações humanas.

Na narrativa nós somos os alienígenas visitando o planeta dos outros em nossas espaçonaves. Conhecendo uma cultura que nasceu em um ambiente de frio extremo, quase que completamente hostil, com um desenvolvimento muito adverso ao que os outros oitenta e três planetas que já compõem a aliança conhecem.

No ponto central das diferenças fica a componente biológica da sexualidade: em Gethen as pessoas não tem um sexo definido sempre, eles são andróginos na maior parte do tempo. Em determinados períodos os gethenianos entram em kemmer e acontecem mudanças em sua fisiologia para que assumam um ou outro papel sexual. Sua relação com a sexualidade também é diferente, os gethenianos não parecem competir por parceiros e em geral não tem nenhum sentimento sexual fora do período determinado por seu kemmer. Isso muda a dinâmica das competições sociais em relação ao que se é acostumado a ter entre seres com sexos definidos. Do mesmo jeito, a violência e a criação dos filhos é tratada diferente.

Toda a leitura é uma imersão nesse novo mundo, com essa nova sociedade e suas crenças e política. Fascinante do início ao fim. A autora nos leva por muitas situações diferentes, dando uma visão geral de todas as classes sociais e modos de vida contidos em pelo menos dois dos reinos de Gethen, nos mostrando que mesmo sendo tão diferentes todos temos nosso jeito de causar sofrimento e de sentir amor.

Copyright © (un)Known Reader | Powered by Blogger
Design by Duan Zhiyan | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com