Popular Posts

Google+

Feed

Seguidores


Quando a serie da AMC começou eu fui mais atraído pelo visual do que pelo tema de apocalipse zumbi. A primeira temporada é até interessante, eu gosto especialmente da parte em que o cavalo do Rick é devorado por um grupo gigante de "walkers" quando ele chega a Atlanta, é bem... brutal. Mas com o tempo a serie começou a ficar um tanto monótona e eu cheguei a parar de assistir por algum tempo.

O problema é que na internet continuavam a comentar e comentar dela até que eu resolvi voltar a ver só pra saber o que estava acontecendo. Acompanhei a a primeira parte da saga de Woodbury, que é boa. O governador é um vilão interessante, tanto que foram escritos livros com a história dele pros fãs mais ávidos por conteúdo. Ainda assim a serie tinha grandes períodos de calmaria que me davam sono. Não que eles tenham de matar zumbis o tempo todo, mas nem os conflitos pessoais tinham graça.

Nesse momento de tédio resolvi ler a HQ, assim eu ficaria a par do que estava acontecendo, mesmo sendo um pouco diferente. E então entendi o porque da legião de fãs de The Walking Dead. A HQ é demais!

Acontece tudo num ritmo melhor, tem personagens morrendo e chegando o tempo todo, o jeito que as pessoas ficam perturbadas por causa de toda a situação é bem real. A história é instigante e fica difícil de saber quem vai morrer, ou quem vai se matar. Essa rotatividade de personagens é uma das melhores coisas. Eu particularmente fico entretido com histórias com personagens legais, mesmo quando a trama é mais ou menos. E a HQ tem os dois, os personagens bem feitos e uma trama solida. Tem sempre pessoas com personalidades diferentes, mas que estão com a cabeça na merda como todo mundo. Eu me divirto tentando adivinhar quem vai ser o próximo a surtar.

Outra ponto forte é quando o autor te faz perceber que só sobrou gente perturbada na terra, as pessoas boas foram as primeiras a morrer e os sobreviventes adquiriram um distúrbio psicológico. O próprio Rick e seu filho Carl tem momentos de comportamento psicopata. Em certa parte o grupo tortura outros sobreviventes. Cada vez mais eles ficam preparados a fazer sacrifícios pra se manterem vivos.
A história conta com poucos grandes vilões. Os conflitos são numerosos, tanto dentro do grupo quanto contra as pessoas que eles encontram na estrada , mas apenas dois vilões apareceram nos dez anos de publicação da HQ. O Governador e o Negan.

O primeiro já apareceu e morreu até mesmo na serie. Já Negan e seu taco de beisebol com arrame farpado chamado Lucille ainda aterrorizam o grupo do Rick no arco atual: All Out War (algo como Guerra Geral). Nesse arco três grupos grandes se unem contra os Saviors que tem Negan na liderança e é uma especie de culto/milicia que extorquia outras comunidades de sobreviventes.


Uma das coisas mais interessantes do Negan é o jeito que ele troca de ponderado pra maluco bem rápido. Ele mata uma pessoa como se fosse a coisa mais natural do mundo (o que é, no caso deles) e continua com as suas atividades normalmente em seguida. Ele parece ter se apresentado como uma especie de Messias pros seus seguidores e as regras dele são absolutas. Sempre que ele aparece em alguma cena há uma expectativa de alguma merda vai acontecer. O problema Negan ainda não foi resolvido na HQ e agora só resta esperar a próxima publicação.

Copyright © (un)Known Reader | Powered by Blogger
Design by Duan Zhiyan | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com